Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos sonhos e ideais
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Contato Links
Textos


É preciso abrir as portas que fecham o coração.
Quebrar as barreiras construídas ao longo do tempo por amores do passado que foram em vãos.

É preciso muita renúncia em ser a própria renúncia no pensar, nas atitudes e se entregar de corpo no acalantar da alma para ser abençoado por Deus.

É preciso não esquecer que o amor verdadeiro vem para ficar, transformando as tristezas em vida na realização do cônjuge, e se fechar do mundo lá fora que desconfigura a verdadeira essência de  amar.

É preciso ver o seu amor com outros olhos com o olhar da alma e com a pureza do coração. 

É preciso renunciar o que não agrada ao seu amor.
E  se moldar um ao outro como se molda uma escultura com a profundeza do sentimento único.

E aparar as arestas que podem machucar.
É como lapidar um diamante bruto dando uma forma única em sua beleza profunda para fazê ló brilhar com brilho radiante em lindos sonhos e enxergar um único horizonte.

E quando chegar o amor e a sua hora de amar, lembre-se que é preciso haver identificação de almas, e se entregar de coração a esse indestrutível e indescritível paraíso do verdadeiro amor.

 
Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 22/05/2021
Alterado em 22/05/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários