Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos ideais
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Contato Links
Textos


Já fui como um sonho, projeto, um feto.
Hoje sou a luz no raiar de um novo dia;
No brotar de uma semente,
e no desabrochar de uma flor, regada de amor.

Sou como uma doce melodia,
que configura uma bela poesia.
Só preciso que me ame, e me adore com ternura,
para que eu viva em luz no coração inocente.

Não nasci para ser o avesso.
Sou portador do sol no final arco íris,
trago a luz que irradia, a luz da vida.

Sou a alegria que nasceu da esperança.
Afinal eu nasci, sou uma criança,
imagem e semelhança de Jesus!
Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 04/09/2020
Alterado em 05/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários