Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos sonhos e ideais
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Contato Links
Textos

No meu anoitecer, deixo-me levar com o vento.
Que sopra os meus pensamentos
Envolvendo-me com os meus sonhos
Delineado da pureza dos meus sentimentos

Deito-me sobre nuvens flutuantes, esqueço-me do tempo
Embriagando-me em camadas densas que cultivo no coração

Que me leva além do mundo real
Colocando-me ao infinito da minha filosofia,pairando-me no universo da magia dos sonhos
Criando os meus desejos incompreendidos,ocultados no vazio
Entregando-me ao meu deleito de ser o que sou

Aquela flor que plantei, germina maravilhas
Relevante ao cultivo do mundo épico
Um jardim suspenso,no celeiro do amor

A minha carência deixa fluir a esperança pela a sobrevivência
Reservando-me somente a minha existência

Sobre a minha ideologia que se apega na esperança
Como um laço,lançando-me aos sonhos como uma inocente criança
Criando em mim a minha própria filosofia de ser o que eu sou,um eterno sonhador.
Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 23/12/2018
Alterado em 02/05/2021
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários