Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos ideais
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
ContatoContato
LinksLinks
Textos




 
Nesse deserto vazio
Deitei-me sobre a areia escaldante 

Tornei-me um sobrevivente da exclusa,uma ilusão,ilusa

De rumores extraidos dos sentimentos que fora me levando ao além da vida

Passivamente eu não me percebia
Sentir-me como um sombrear 
De um grão de areia perdido nessa imensidão sem valor

Vaguei-me solitariamente sobre o campo minado da solidão
As incertezas jorrava o amargo sabor dos desejos do coração

Sorrateiramente eu me desligava vedando a minha visão do mundo

Sem enxergar o paraíso
Como um chacau
Ficando-me esquecido sem o
  amor dos meus sonhos adormecidos.




 
Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 06/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários