Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos ideais
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Estrada dos sonhos




É como eu viajasse vagamente
Por uma estrada de sonhos
Brilhantemente em mim
Refletindo o brilho em minha alma

Diluindo-me lentamente a um clarão maior
Vindo do esplendor, ao meu encontro
A magia dos sonhos abriu se navegante
Pela minha mente a uma realidade transferente

Para a minha calma pura
Refinando-me a exatidão da minha alma
Delega a mim, ser um viajante
Do mundo místico dos sonhos
Como um fugitivo da monotonia do meu viver
Renegando-me ao martírio da solidão

 
Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 10/11/2018
Alterado em 06/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários