Mundo encantado das poesias
Somos como um grão de areia espalhado pelo o mundo, separados apenas pelo os nossos ideais
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Por onde eu andar
"Im Memória" "Aos meus pais"

Por onde eu andar
Vou sempre lembrar
Dos momentos felizes
Que vivi como um aprendiz

Do amor, do carinho e as suas dedicações
Papai, mamãe vocês foram a parábola certa do meu alvorecer
No começo tudo era difícil, vivíamos com muita  dificuldades
Mas vivemos belos tempos de felicidades

As minhas lembranças faz me
Reviver que a felicidade era
Saber que todos os dias vocês
Eram uma realidade em meu viver

Sei que tudo tem o seu começo,
mas também tem o seu fim
Quando o fim chega, nasce a saudade
Essa saudade que se alojou dentro de mim

O meu destino eu devo seguir;
percorrendo esse caminho que não tem mais fim

Tudo fica, o tempo passa mas o amor por vocês para sempre ficará
Eternizado nessa minha estrada em belas recordações.
Assim vive o meu coração com essa saudade sem dimensão.!



Hilton Rubens
Enviado por Hilton Rubens em 22/09/2018
Alterado em 23/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários